Questo articolo è disponibile in: Italiano Inglês Espanhol Francês Alemão Português

Seja louvado Jesus Cristo

Bom dia Padre Angelo, eu sou católica e sou feliz com este site, porque ele explica coisas que sozinhos não poderíamos compreender.

Eu gostaria de entender o que significa: quem acredita em mim terá vida eterna?

E o que acontecerá com quem não acredita?

Agradeço-lhe antecipadamente.

Saudações cordiais

Concetta


Prezada Concetta,

1. É em Jo 6,47 que encontramos as palavras de Jesus “Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna”.

Nessa circunstância, o Senhor está dizendo que Ele é o Pão da Vida e que Ele desceu do céu precisamente para trazer a vida eterna aos homens.

2. Porém, a vida eterna não é simplesmente a vida futura, como qualquer homem pertencente a outras religiões pode pensar.

A vida eterna é o próprio Jesus.

“Ora, a vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste” (Jo 17,3).

3. Deve-se notar que no Evangelho de São João o verbo conhecer não significa simplesmente ver, mas possuir.

A vida eterna, portanto, consiste na posse de Deus.

Ou melhor, na posse de Jesus Cristo.

Observe também como em Jo 17,3 Jesus Cristo se associa ao Pai, declarando assim sua própria igualdade com o Pai.

4. Que Jesus Cristo é vida eterna também é lembrado na primeira carta de São João com uma declaração grandiosa: “Sabemos que o Filho de Deus veio e nos deu entendimento para conhecermos o Verdadeiro (Deus). E estamos no Verdadeiro (Deus), nós que estamos em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna” (1 Jo 5,20).

Eis quem é Jesus Cristo: “Ele é o verdadeiro Deus e a vida eterna”.

Precisamente por ser o verdadeiro Deus, ele é a vida eterna.

5. Para possuir Cristo dentro de si mesmo é necessário acreditar nele.

Também aqui acreditar significa não só conhecê-lo, mas amá-lo, obedecê-lo.

Por essa razão, São Tomás diz que quem ama a Deus o possui dentro de si (qui diligit Deum, ipsum habet in se), de acordo com as palavras de São João: “Quem conhece a Deus, ouve-nos; quem não é de Deus, não nos ouve” (1 Jo 4,16).

E acrescenta: “Dizemos que temos ou possuímos apenas aquelas coisas que podemos usar e desfrutar como quisermos (“uti et frui ut volumus”). E assim, uma Pessoa divina só pode ser possuída por uma criatura razoável unida a Deus” (Suma Teológica, I, 38, 1).

6. Em outras palavras, Jesus diz: quem me ama, me possui e pode desfrutar da minha presença e dos meus dons como quiser.

Não sei se pode existir uma experiência maior e mais divina do que essa.

Já é uma antecipação do Paraíso, onde tudo isso acontecerá de forma perfeita, definitiva e irreversível.

7. Ao contrário, quem não tem Cristo dentro de si, não só não o desfruta, mas fatalmente acaba nas mãos de seu inimigo, já aqui.

Desejando-te de ter sempre dentro de ti Jesus Cristo, que é o verdadeiro Deus e a vida eterna (1 Jo 5,20), asseguro-te de minha oração e te abençoo.

Padre Angelo